sexta-feira, 6 de julho de 2012

PASTOR MIRIM?? O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE CRIANÇAS PASTOREANDO IGREJA.


Se não fosse trágico seria muito cômico, ver certos “pregadores” (pastores?) mirins nos púlpitos de algumas igrejas do Brasil e do mundo. São adultos em miniaturas, ou para alguns pensadores, trata-se de cópias dos sonhos frustrados de seus pais, que decidem se realizar nos filhos.  Em sua maioria, são crianças induzidas pelos pais para seguirem a “carreira” de pregador. Isto acontece por diversos motivos, seja a satisfação do ego dos pais, ou mesmo, a atenção excessiva dispensadas a estas crianças, que fazem com que estes neófitos pregadores sintam-se prontos a assumirem até mesmo o corriqueiro título de pastor (nos dias atuais é claro!).
Recentemente um caso me chamou atenção, quando Ezekiel Stoddard, um garoto com 11 anos de idade, foi consagrado a pastor nos Estados Unidos (CLIQUE AQUI VEJA MATÉRIA), agora faço uma indagação: o que a Bíblia diz sobre crianças assumirem tais responsabilidades? Seria incorreto estimular estes infantes a seguirem esta “carreira”? São perguntas pertinentes e que devemos avaliá-las a luz das Escrituras. VEJA VÍDEO DE UM PREGADOR MIRIM BRASILEIRO: 
Em primeiro lugar devemos considerar que a Palavra de Deus, especifica algumas características de um pastor. Este servo de Deus deve: 1. Proteger o rebanho de Deus (João 10.11); 2. Manejar bem a Palavra de Deus (2 Timóteo 2.15); 3. Ser exemplo de todos (1 Timóteo 4.12); 4. Possuir responsabilidade suficiente para prestar conta dos seus atos com o Senhor (Hebreus 13.17; 1 Pedro 5.2-4); 5. Deve possuir experiência como PAI DE FAMÍLIA, governando bem sua casa (1 Timóteo 3.4); 6. Por ultimo, NÃO DEVEM SER NEÓFITOS (1 Timóteo 3.7).
Ser neófitos, eis um grande problema! Para quem tem dúvidas sobre a palavra neófitos, esta se refere aquela pessoa nova convertida na fé, que não possuem experiência suficiente. Neste ponto alguém pode dizer que estes “pastores” mirins não são neófitos. Eu, porém afirmo, ELES SÃO, SIM! Mesmo vivendo em um ambiente cristão, sendo criada na Igreja, uma criança é uma criança. Elas possuem limitações específicas de sua idade, tanto que a Bíblia nos mostra que homens de Deus chamado pelo Pai em sua infância, só assumiram o papel de liderar o povo quando já possuíam experiência de idade e vida.
 Nosso maior exemplo é o próprio Jesus que iniciou seu ministério na fase adulta, quando já possuía cerca de 30 anos (Lucas 4.1-17). Por que então o Mestre não iniciou seu ministério quando criança, aos doze anos, quando esteve no Templo de Jerusalém (Lucas 2.41)? A resposta é muito simples, “há tempo pra tudo debaixo do Sol”(Eclesiastes 3). Há tempo para ser criança, aproveitar a fase, brincar, sorrir, não possuir grandes responsabilidades, aprender com os mais velhos, aprender com nossos acertos e principalmente com nossos erros. Como poderíamos acreditar que uma criança estaria pronta para guiar uma congregação? Outro grande exemplo é o profeta e juiz Samuel, que ainda no ventre de sua mãe foi consagrado ao Senhor (1 Samuel 1.22), viveu toda a sua infância na Casa de Deus, trabalhando e AJUDANDO o experiente sacerdote Eli nas funções do Templo (1 Samuel 3.1). Contudo, este jovem servo de Deus só veio a assumir o trabalho de Deus e ser confirmado como profeta conforme crescia e ganhava experiência (1 Samuel 3.19-21).
Com estes dois casos podemos entender que biblicamente não há respaldo para haver crianças sendo consagradas pastores, nem mesmo há base para usá-las em grandes eventos, como se fossem uma miniatura dos “grandes” pregadores nacionais. Devemos entender que uma criança deve viver a sua infância, o que de maneira alguma exime de conhecer e viver a Palavra de Deus, pelo contrário, é dever de todo pai cristão ensinar as Escrituras para seus filhos (Provérbios 22.6). O que não devemos fazer é colocar um fardo muito pesado sobre pequeninos que não possuem responsabilidade suficiente para isto. Vivamos como nos diz a Palavra de Deus: “Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3.1).

Que o Senhor nos ajude a educar nossos filhos em Cristo,

Jefferson Rodrigues

Um comentário:

  1. comcordo plenamente em ti , criança tem de ser criança .
    os que colocam essas crianças ´=a serem pastores é por que eles tambêm não foram crianças não tiveram tempo pra isso mas era nos tempos de nossos avós e pais em dias de hoje é coisa de maluco do demo mesmo , são tão loucos por ter grana que o filho deles já tem até carteira de trabalho assinada já .
    o que os pais não conseguiram os filhos vem com essa maldição erdado deles ,e mais ...
    essa gente tem de queimar no inferno de verdade ver o cristo deles !
    a grana acabou com os filhos de DEUS , a ganancia de ter e querer mais e mais quero ver se leva quando morreres é só colocar no caixão deles dos pais e do filho !pregador ! com !certeza ! estará junto com eles onde estiverem a grana , carro mansão e tudo o mais quero ver a paz e o descanso se estará com eles de verdade será ?
    pagarão com o fogo diz o senhor , e com o fogo arderão os que forem profanos e perversos seja qual idade que tiverem !
    aqui na terra podem fazer o que quiserem mas com DEUS não passa !
    tem muito diabo por ai enganador é o que a gente mais vive á só ligar a TV , a metdade dela é mentira , tragédias , e enganações , besteiras e muito mais. ligue a rádio é só acidentes e mortes musicas profanas e muito mais .
    nas ruas quem estiver perto de ti não oconhece se faz que te conhece e nem te olha na cara e pode ser roubado ficando até sem roupas intimas na rua !
    na igreja é status se tem pode ajudar se não tem então pra que vir na igreja ?
    são irmãos dentro da igreja e fora ? a gente não é irmão ?
    essa coisa de irmão comigo jamais colou nem dentro nem menos fora da igreja , irmão te ajudo , não pede NADA em troca nem rouba , tem te olha com cara de nojo ,nem de raiva pra voçê !
    dinheiro é bom pra se alimentar e viver em paz do bom com o essencial e não com milhões e nem rico não !
    é logico onde estão tem imposto pra pagar e o dizimo tambêm ,mas é 10 % somente e não propaganda disso e daquilo não !
    Fazem comprar se a pessoa não quer pra que insistir ?
    isso é piada de mal gosto !
    se o fiel comprar tudo que as TODAS as igrejas querem o salário do povo não compra nem o pão de cada dia que o senhor fala na Biblia .
    mas elogio pois se com a igreja já é um inferno o povo na terra imagine sem a igreja , o povo já faz rouba, estelionatários tem um monte cara não tem em dias de hoje , muito menos os mentirosos e identidade falsa !
    se com DEUS tá assim imagine sem ele !
    obrigada pela atenção ! Thais de São Carlos S.P

    ResponderExcluir

Caros irmãos fiquem a vontade para concordar, discordar, criticar e elogiar. Apenas peço que o façam com base na Palavra de Deus. Lembro a todos que os comentários que forem ofensivos serão removidos, pois nosso espaço é para reflexão e não agressão. No mais fiquem a vontade!