segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

EVANGELIZAR OU FOLIAR? BLOCO SAL DA TERRA SE APRESENTA DURANTE CARNAVAL NO PELOURINHO

    A Bahia é o grande símbolo do Carnaval reunindo milhões de turistas na capital, Salvador, pensando nessas pessoas que curtem o som e a folia da época, 900 integrantes do Bloco Sal da Terra desfilaram no Pelourinho falando da paz que há em Cristo.
      O grupo carnavalesco se apresentou em todos os dias contando com a participação de diversos grupos como o maracatu pernambucano Rugido do Leão, que tocou na sexta-feira, 17. Já no dia 18, sábado, o Bloco Sal da Terra contou com cantor Pierre Onassis e no dia 19, domingo o grupo desfilou no circuito Barra-Ondina onde os trios elétricos se apresentam e na terça-feira, 21, o agito ficará por conta de Nengo Vieira.
     O Bloco Sal da Terra se apresenta no carnaval baiano desde 2000 sempre falando do evangelho e mostrando que é possível se divertir, dançar e comemorar sem precisar de drogas, bebidas ou prostituição.
      Este ano o tema da paz aborda todos esses pontos como fala Gustavo Mercês, membro da assessoria do grupo.  “Queremos agora levar uma mensagem de paz que Cristo nos entregou. Queremos uma Bahia sem violência e assassinatos, conhecida muito mais pelo amor ao próximo. Iremos levantar a bandeira contra às drogas, a prostituição infantil e a violência contra mulher”, disse.
    Muitos outros ministérios em partes distintas do Brasil aproveitam o Carnaval para sair às ruas falando da salvação e da libertação dos pecados. Grupos como o JOCUM (Jovens Com Uma Missão) geralmente vão até os sambódromos evangelizar e conseguem alcançar centenas de vidas.


Nota do História com Cristo: Antes que joguem pedras em mim, quero dizer que não conheço o desejo dos corações daqueles que ali estão, contudo, não posso me furtar o direito de discordar de tal "técnica de evangelização". Discordo tendo como base que o verdadeiro Sal da Terra deve salgar o alimento (Mateus 5.16) e não adquirir o sabor que o alimento contem. Neste caso, podemos perceber várias pessoas que tendo como pressuposto a evangelização, desfilam com abadas, batidas carnavalesca e se divertem muito ao som da folia de Momo. Ainda que o objetivo seja mostrar a "alegria de estar em Cristo", afirmo e reafirmo que isto em nada nos lembra a orientação dada por Jesus aos que quiserem segui-lo: "negar a si mesmo, tomar a sua cruz e segui-lo" (Lucas 9.23). Infelizmente, não consigo perceber mensagem alguma de arrependimento, mudança de vida e tudo que faz parte dos ensinos de Cristo. Quer ser Sal da Terra e Luz do mundo? Vá a avenida e pregue o arrependimento e mostre que nada daquilo está de acordo com a vontade de Deus(Gálatas 5.19-22)! Se ainda me acha quadrado, então lembre-se do exemplo de Paulo falando em Atenas, onde mesmo estando diante de filosofos gregos não teve medo de pregar o Evangelho de arrependimento (Atos 17.22-32). Volto a afirmar que não julgo as pessoas que ali estão, mas me reservo ao direito de discordar de tal "técnica de evangelismo", pois conforme citei anteriormente, traz consigo, a meu ver, mais malefícios que benefícios. Fica a reflexão!

Por fim, deixo um vídeo que mostra o "aquecimento" do bloco no carnaval em 2011. Vejam e deixem suas opiniões!
  

6 comentários:

  1. Discordo Plenamente! como luz e trevas podem estar juntos?? Água e óleo se misturam??

    ResponderExcluir
  2. Samuel de Sousa BORGES21 de fevereiro de 2012 13:55

    Não Julgarás!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Não devemos julgar os nossos irmãos
    Quem julga é o Senhor Jesus Cristo




    Aquele dentre vós que está sem pecado seja o primeiro que lhe atire uma pedra. - João 8:7

    4 Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai; mas estará firme, porque poderoso é o Senhor para o firmar.
    5 Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente.
    6 Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz. E quem come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e quem não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus......

    SE A INTENÇÃO É REALMENTE A QUE ALEGAM!!!
    NINGUÉM SENÃO O PRÓPRIO DEUS PARA JULGAR CADA UM EM SUAS RESPECTIVAS INTENÇÕES!!!!

    ResponderExcluir
  3. Caro Samuel Borges, é sempre um prazer te-lo conosco! Respeito a sua discordância, mas pelos diversos motivos expostos na nota do Blog História com Cristo, continuo discordando desta forma de evangelismo.No mais fica na Graça e na Paz de Cristo! Para maiores esclarecimentos sobre limites no Evangelismo, indico um excelente artigo publicado pelo Pastor Ciro Sanchez: http://cirozibordi.blogspot.com/2012/02/vale-tudo-na-evangelizacao-contanto-que.html

    ResponderExcluir
  4. Concordo plenamente com sua visão Pr. Não podemos esquecer que o diabo veio se não p/ mata roubar e destruir, ele é o pai da mentira, ele usa diversas faces p/ nos enganar e confurdir. O Diabo está usando essa artimanha para levar os servos de Deus a se miturar com as coisas do mundo. fazendo com que os irmãos/a caiam em tentação, pois é lá no carnaval qe está as nossas tentações...mulheres (o) semi nuas, bebidas, sexo livre,drogas, traição, luxuria e etc. O carnaval nunca será bem visto ou transformado em um festival de paz, pois ele é uma festa da carne. Os pregadores da palavra de Deus precisam urgentemente falar sobre isso nas igrejas antes que o povo de Deus seje infectado por essa mensagem carnavalesca.

    ResponderExcluir
  5. "Pérola Abençoada", agradeço sua participação em nosso espaço. Gostaria apenas de informar a irmã que mesmo lisonjeado com o título(risos), não sou pastor, sou apenas um Servo do Senhor Jesus e na casa de Deus, desenvolvo as funções de Diacono e professor/coordenador de EBD. Não me leve a mal, mas deixo isto claro para evitar críticas infundadas à minha pessoa. Quanto ao carnaval sua opinião é bem sensata e concordo com a mesma.

    Em Cristo, Jefferson Rodrigues

    ResponderExcluir

Caros irmãos fiquem a vontade para concordar, discordar, criticar e elogiar. Apenas peço que o façam com base na Palavra de Deus. Lembro a todos que os comentários que forem ofensivos serão removidos, pois nosso espaço é para reflexão e não agressão. No mais fiquem a vontade!